O Seu Cão é Hiper Enérgico?

Publicado em 04/06/2021 por Pedro Serra

Há raças e raças, e dentro dessas há cães e cães. Um dos maiores erros que vemos serem cometidos pelos donos mais inexperientes é acharem que os cães têm comportamentos iguais entre todos. Da mesma forma que há pessoas cujo dia ideal é relaxar com um livro e uma bebida quente, há outras pessoas que preferem passar a tarde sentindo emoções fortes num trilho de BTT. 

Os cães funcionam da mesma forma. Há cães pachorrentos, que se deleitam em dormitar perto do dono. Outros parecem doidos e não conseguem estar quietos mais de cinco minutos. Parece-lhe familiar este último caso? Não desespere! É normal e há como lidar com isso.

Canse o seu cão:

Muitas vezes esquecemo-nos que é normal os cachorros terem muita energia que se acumula se passarem muito tempo sem a gastar. Os cães adultos também! Lá porque um cão atingiu a idade de ser adulto e responsável, não significa que não precise de se divertir (e isto vale para os seus donos também!)

Correr e saltar

É óptimo para o seu cão! Pode ser num jogo de atirar a bola ou frisbee, correr atrás de um boneco preso a um cordel na ponta de um pau, ou ao seu lado num jogging (curto!), ou outro tipo de actividade que crie. Use a imaginação! Irá gastar a energia a mais e também prevenir obesidade e as doenças associadas a esta.

Trabalho

Sim, os cães também “trabalham”. Para eles, o trabalho é cumprir uma tarefa para receber uma recompensa (se pensarmos bem nisso, para nós também é!). Estas tarefas podem ser guardar o rebanho para os denominados cães pastores, o guardar a casa para cães com maior instinto de guarda, mas também o sentar ou deitar, o procurar o biscoito escondido, alternar entre andar depressa ou devagar com comandos, jogar às escondidas com ele à sua procura (num ambiente seguro, não na rua), ou outra coisa que se lembre para o pôr a pensar e encontrar soluções.

Este esforço mental produz um cansaço até maior do que o físico, e deixa-os a sentirem-se bem consigo próprios por terem conseguido a tal recompensa (que não precisa de ser comida, pode ser também mimos e reconhecimento do dono).

Agility

É a prática de fazer o cão passar por um percurso de obstáculos, sempre sendo encorajado e encaminhado pelo seu dono, onde ele irá saltar, contornar, subir e descer os obstáculos, sempre focado nas indicações do dono para saber onde deve ir, e a receber elogios enquanto o faz. Fantástico para a auto-estima do cão e para aumentar o seu foco nos comandos do dono, foco esse que irá transparecer no dia-a-dia.

“Ele não me liga nenhuma!”

Os cães sem actividade regular ficam frustrados e “loucos de energia”. Enquanto não escoarem essa energia, não vão conseguir prestar atenção a nada que lhes queira ensinar. Vão acabar a roer o sofá quando o dono não está! Gaste essa energia acumulada, e vai ver que depois já fica mais fácil de prender a atenção dele para lhe ensinar o que precisa que ele aprenda.

Se achar que não tem tempo, ou que está inseguro(a) sobre exactamente o que fazer, há várias soluções como uma creche canina onde o seu cão se cansa ao mesmo tempo que pratica a socialização com outros cães. Ainda existem passeios feitos por profissionais, ou até treinos de obediência ou de resolução de problemas onde pode receber do treinador instruções e dicas de como melhor gerir a energia, cansar e focar o seu cão em si.

Cão cansado, dono descansado!

Espero que tenham gostado deste artigo e não deixem de nos procurar. Somos a equipa da PET MAIS sempre preparados para vos receber.

www.petmais.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Compartilhe esta matéria!




  • Lives em breve.

  • Assine a Newsletter

  • Translate »