Desconfinamento – O que fazer com os nossos animais.

Publicado em 31/05/2021 por Cristina Barroso

Assim com a nossa vinda para dentro de casa provocou bastante stress nos nossos animais, habituados a estarem sozinhos grande parte do dia, o facto de voltarmos ao trabalho depois de meses de confinamento e teletrabalho obrigatório pode levar a que os nosso cães e gatos fiquem muito ansiosos. 

Existem sinais que são alertas de que o nosso animal possa estar a sofrer de ansiedade de separação:

– Eliminação de fezes e urina inadequada, seja fora da caixa quando nos referimos a gatos, seja em casa no caso dos cães que já estavam adaptados a ir à rua;

– Ladrar por longos períodos de tempo;

– Roer coisas em casa;

– Coçar-se e lamber-se insistentemente. 

Para evitar que isto aconteça, devemos habituar os nossos animais a estarem sozinhos em casa de forma gradual, primeiro por períodos de tempo curtos, que depois vão aumentado. Não devemos fazer uma grande festa quando chegamos a casa, pois assim eles vão estar o dia todo ansiosos por esse momento. 

Para torarmos os nossos animais mais independentes devemos evitar que eles estejam sempre atrás de nós em casa e estabelecer horários para brincar e descomprimir e outros em que eles devem estar no lugar deles e nós a trabalhar, por exemplo. 

Quando saímos, pode ser útil deixar um brinquedo à disposição, para que eles brinquem sozinhos. 

Também existem alguns dispositivos que podem ajudar com a ansiedade, mas esses devem ser discutidos com o seu médico veterinário assistente para uma melhor utilização e eficácia. 

Espero ter ajudado a melhor a qualidade de vida dos vossos animais.

Até o próximo artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Compartilhe esta matéria!




  • Lives em breve.

  • Assine a Newsletter

  • Translate »