TEMPERAMENTO ANIMAL – Vamos descobrir qual é o do seu cãozinho?

Publicado em 27/06/2022 por Pedro Serra

Em termos de temperamento os cães podem ser dominantes, equilibrados ou submissos, essas características definem em boa parte como vão interagir entre eles, ou até como será a sua interação com os seus ( e outros) humanos.

Vamos explicar então as características destes temperamentos …

Um cão dominante é um cão mais confiante na interacção com humanos e que entre cães tende a tentar controlar a situação da matilha, o que pode gerar confronto , por experiência temos observado que um cão dominante pode abdicar da sua dominância se encontrar na mesma matilha um cão mais dominante e ao mesmo tempo mais forte fisicamente. Um exemplo de um cão dominante que se pode ver desde cachorro: enquanto que um cão submisso não sai de perto da mãe , um cão dominante tende a explorar o ambiente envolvente, por exemplo quando lhe aparece uma pessoa desconhecida,  para adoptar/ comprar ele parte para o desconhecido com maior facilidade e confiança enfrentando o novo desafio.

Um cão submisso é um cão menos confiante e pode mais facilmente desenvolver medos com experiências negativas , geralmente quando confrontados com um cão dominante submetem-se com facilidade acreditamos por experiência própria que um cão submisso pode ser ajudado com trabalho a trilhar o caminho para um cão mais equilibrado. É importante quando temos um cão submisso ajudar o mesmo a construir uma maior confiança em si. Mesmo um cão submisso pode querer “mostrar os dentes” em sinal de defesa num momento em que se sinta encurralado e muitas vezes os donos interpretam mal este sinal e tentam cortar esse instinto o que só faz com que o cão se retraia mais, temos que ter atenção para não deixar escalar esse medo que se pode transformar em agressividade.

Um cão equilibrado é um cão que sabe ocupar o seu espaço na matilha,evita o confronto e tem confiança suficiente  para  ler a matilha e viver em harmonia com cães dominantes e submissos, no fundo sabe impor a sua presença de forma equilibrada e confiante.

Acreditamos que nenhum temperamento é mau ou bom , é a nossa forma de lidar com os mesmos que irá ajudar os nossos patudos a serem felizes quer com outros patudos quer com humanos.

Este artigo é escrito com base no conhecimento desenvolvido na nossa formação e experiência pessoal e profissional . Quando se trata do seu cão não existem atalhos,  aconselhamos que em caso de dúvida contacte um profissional qualificado.

Esperamos que tenham gostado e até uma próxima pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Compartilhe esta matéria!




  • Lives em breve.

  • Assine a Newsletter

  • Translate »