Acupuntura Veterinária e medicina integrativa

Publicado em 13/04/2022 por Ana Luiza

O que é a acupuntura?

A acupuntura é uma terapia milenar oriental que faz parte da medicina tradicional chinesa e consiste na inserção de agulhas em pontos específicos do corpo para tratar doenças e promover saúde (física e emocional). Estas técnicas também equilibram as energias no organismo do paciente, levando à melhora do seu funcionamento geral, colaborando inclusive para otimizar outras formas e tratamentos da medicina convencional.

         Os acupontos (pontos de acupuntura) são considerados portas de entrada e saída de energia no corpo. São áreas onde é possível a manipulação desta energia para restaurar o equilíbrio do organismo. Esta energia flui através de canais ou meridianos que conectam os órgãos internos à superfície da pele e dos músculos, e tem como propósito manter as funções fisiológicas do organismo.

        A circulação de energia nos meridianos pode ser dificultada por fatores internos (doenças) ou externos (traumas) ocasionando bloqueios. Isto origina processos dolorosos, mau funcionamento dos órgãos e alterações emocionais.

        Estudos científicos determinam que os pontos de acupuntura localizam-se em regiões onde há grande concentração de terminações nervosas sensoriais e, entre outras particularidades histológicas, diferem-se dos tecidos ao seu redor. Essas características especiais tornam tais pontos extremamente reativos ao pequeno estímulo causado pela inserção de agulhas de acupuntura.

Principais Indicações:

Doenças ortopédicas e neurológicas:

  • Paralisia de membros torácicos e pélvicos
  • Acidente vascular cerebral (AVC)
  • Epilepsia e convulsões de outras origens
  • Sequela de cinomose
  • Paralisia facial
  • Síndrome vestibular
  • Incontinência urinária
  • Incontinência fecal
  • Dores de coluna vertebral
  • Hérnia de disco intervertebral
  • Síndrome da cauda equina
  • Displasia da anca
  • Artrites e artroses
  • Tendinites

Doenças de outros sistemas:

  • Dermatites
  • Alergias
  • Cardiopatias
  • Imunomodulação
  • Síndrome do rim Poliquístico (PKD)
  • Insuficiência renal aguda (IRA) e crônica (IRC)
  • Cálculos renais e vesicais
  • Gastrite e enterite

Outras indicações:

  • Pacientes em quimioterapia
  • Pacientes geriátricos
  • Ansiedade
  • Infertilidade
  • Patologias oculares

Medicina Integrativa

A medicina integrativa consiste num conjunto de terapias e procedimentos que tem como principal objetivo restabelecer a saúde do corpo, tanto nas doenças como na prevenção do retorno das mesmas.

Nossa equipa busca alinhar os conhecimentos e técnicas mais atuais da ciência em prol da qualidade de vida animal. Dentro das técnicas de medicina integrativa, trabalhamos com:

  • Acupuntura;
  • Eletroacupuntura;
  • Moxabustão direta e indireta;
  • Laserpuntura;
  • Farmacopuntura;
  • Hemopuntura;
  • Fitoterapia chinesa;
  • Dietoterapia chinesa.

Através destes conceitos e técnicas atuais e pode-se tratar qualquer doença de forma completa e muito menos lesiva. Ao unirmos esses tratamentos aos nossos conhecimentos ocidentais de formação médico veterinária, temos o cenário ideal para obtermos os melhores benefícios em prol da qualidade de vida animal.

Avaliação, duração e frequência das sessões:

        A avaliação realizada na primeira consulta é de suma importância para que o diagnóstico seja realizado através da Medicina Tradicional Chinesa e nesta primeira sessão já se dá inicio ao tratamento. A duração desta consulta é mais longa, sendo necessária a disponibilidade do tutor por aproximadamente 1 hora.

        A duração das sessões depende das técnicas selecionadas para o paciente e podem variar de 40 minutos a 1 hora em média.

        A frequência das sessões também varia de acordo com a patologia envolvida. Em geral, os casos mais agudos necessitam de duas sessões por semana, mas normalmente a frequência das sessões é semanal. Antes do início de cada sessão, é de suma importância que o tutor relate como o animal reagiu durante o período que esteve em casa. A seguir, é feito um breve exame do animal e em geral, após 5 sessões é realizada uma reavaliação para que se defina qual intervalo será aplicado para o caso.

Espero que tenham gostado e até uma próxima pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Compartilhe esta matéria!




  • Lives em breve.

  • Assine a Newsletter

  • Translate »